Filmes & Livros

RESENHAS

Leia mais

Confira aqui as novidades

DESTAQUES

Leia mais

Novidades

LANÇAMENTOS

Leia mais

Resenha: Cinderela Pop !









Titulo: Cinderela Pop
Autora: Paula Pimenta
Editora: Galera Record
Paginas: 160
Ano: 2015
Classificação:











Sinopse: A versão estendida do conto publicado em O livro das princesas!
Cintia é uma princesa dos dias atuais: antenada, com opiniões próprias, decidida e adora música. Essa princesa pop morava com os pais em um castelo enorme de onde via toda a cidade. Todas as noites, ela olhava pela janela, de onde ficava admirando a vista e sonhando com um príncipe que ainda não conhecia.
Porém, um dia, o castelo de Cintia desmoronou e com ele tudo à sua volta. Com a separação dos pais, ela vai morar com a tia, se afasta do pai e, principalmente, deixa de acreditar no amor.
Ela só não contava com um detalhe… Havia mesmo um belo príncipe encantando em sua história. E tudo o que ele mais queria era descongelar o coração da nossa gata (nada) borralheira!



Resenha: Narrado em primeira pessoa, conhecemos a história de Cintia. Uma menina de 17 anos moderna e antenada. Que teve uma grande decepção a dois anos atrás, ao descobrir e pegar seu pai, traindo sua mãe na própria casa onde eles moravam.
Na época ela ficou desorientada e revoltada, e resolveu sair de casa e morar com sua Tia Helena, que é onde ela mora até então. Já que após essa traição, sua mãe que é arqueóloga, resolve aceitar um emprego no Japão.

Depois desse fato, sua ( se é que pode se chamar assim) relação com seu pai e péssima, já que agora ele vive com a mulher que ele traiu sua mãe e as duas filhas gêmeas da mulher.

Cintia nunca mais conseguiu ser a mesma, só usa roupas de cores pretas, e não acredita no amor. Diz que isso e invenção dos contos de fadas. Com tudo isso, ela acabou descobrindo, com a ajuda do namorado de sua tia, algo que a fazia feliz, e fazia esquecer de seus problemas: que ela tinha paixão pela música. E acabou se tornando uma DJ.


" O amor não existe. É uma invenção de Hollywood para iludir mocinhas inocentes e deixa-las com o coração partido depois. "


Com algo que acusa um problema a ela na escola, ela acaba tendo que falar com seu pai para ele ajuda-la a resolver. E ele acaba colocando uma imposição para poder resolver seu problema: ir a festa de 15 anos de suas "irmãs". Ela obviamente não quer ir, e ela acaba descobrindo que irá ser DJ nessa mesma festa ( sem se quer seu pai imaginar claro). Obvio que está vindo uma baita confusão, e nessa confusão, ela acaba conhecendo Fredy, uma pessoa muito especial, que vai acabar virando sua vida de ponta cabeça ...


" Mas quem sabe, né? Ás vezes uma pessoa especial pode estar bem na nossa frente e não conseguimos enxergar pelo fato de ela estar escondida atrás de um disfarce, fingindo ser quem não é .. "




Eu já tinha lido esse conto da Paula no livro das princesas. Mas confesso que amei essa versão estendida que ela fez da mesma história. É claro que amei mais ainda ois teria um livro único dessa releitura que sou apaixonada, e ainda mais por ser da minha princesa favorita; A Cinderela.

Essa releitura moderna de cinderela, não tirou aquele encanto e amor que já temos pela história tão antiga e apaixonante da Disney. Ao contrário, nos deu uma nova versão, uma visão do século 21 de como aconteceria a história nos dias de hoje.

Cintia sofre um bocado. Não só com a separação em si de seus pais, mas como esse fato mudou sua percepção da vida. Ela não acredita no amor, se fechou totalmente para o mundo, ainda mais com sua mãe tão longe, do outro lado do mundo, e só podendo falar com ela uma vez por semana.
Ela realmente só acaba encontrando um refúgio de tudo isso na música, fazendo os outros se alegrarem e se divertirem com seu talento e paixão de remixagem de músicas.

"Por favor, suba ao palco, Rainha de Copas. Ou melhor, DJ Cinderela"

E como estamos falando de uma história de princesa, ainda mais da Cinderela, claro que não podia faltar momentos de tristeza, raiva, alegria, amor, uma madrasta má, irmãs irritantes, é claro um príncipe encantado. Não em um cavalo branco, mas um príncipe moderno.

O jeito de Cintia me encantou de imediato, e me vi nela muitas vezes, quando tinha suas mágoas, raivas e não falava nada para ninguém e acabava se fechando pro mundo.
Sua mãe que também sofreu um bocado, também gostei do jeito dela, principalmente em uns momentos crucias do livro.
Sua tia Helena, com o jeito todo único, divertido, artístico (do qual me identifiquei muito também), me encantei logo de cara, com todas suas atitudes lindas para ajudar a sobrinha.
Fredy ( ai ai Fredy) que é digno de se apaixonar, em sua primeira aparição no livro já me fez ficar encantada com sua forma normal de ser apesar de sua carreira ( NOT SPOILER, leiam e descubram kk), e de toda a atitude dele no livro, digno de um verdadeiro príncipe.
Lara sua amiga, que sempre está ao lado de Cintia, e tem um jeitinho todo único do qual me encantei também.

Entre outros personagens da história do qual, uns eu adorei, outros eu queria estrangular
( isso inclui a insuportável "madrasta" da Cintia, o mulher chata senhor).


"Cinderela Pop ... Nem Tive a chance de me despedir. Você realmente desapareceu ás doze badaladas. " 


Meu autografo lindo da querida Paula Pimenta.


Que eu sou apaixonada pela Paula Pimenta e que ela foi a pioneira para eu criar esse amor pela leitura, isso todo mundo sabe. E que eu amo e tenho todos os livros que ela escreveu, todo mundo também sabe (se não sabiam estão descobrindo agora rs). E claro que foi maravilhoso é incrível ler essa releitura sobre a minha princesa favorita desde a infância escrito por ela.
Nenhuma outra autora poderia fazer isso, só mesmo a querida Paula Pimenta, ou como todos nós fãs chamamos: a escritora dos livros cor de rosa.
Se eu nunca te agradeci Paula, agradeço agora: obrigada por esse livro tão encantador. Por ter dado uma nova visão da minha princesa.


" Como se fossem quadrinhos em preto e branco, a animação contava a história de uma princesinha que, em vez de sapato alto, usava All Star. pois seus pés doíam muito se calçasse outro tipo de sapato. Um dia, ela conheceu um príncipe. E a vida dela ficou colorida. "


Cinderela Pop é um livro curto, que dá para ler em um dia (o que eu fiz rs). Um livro apaixonante, encantador, divertido, moderno, é uma releitura perfeita e fantástica da tão querida Cinderela do mundo Disney.
Leiam pois super valerá a pena.


Até a próxima.

4 comentários:

  1. Adoro a Paula Pimenta e tudo o que ela escreve! Não conhecia esse conto, nem o livro único, mas já quero ler!
    Gislaine | Paraíso da Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela e uma ótima escritora, e os livros dela são apaixonantes. Leia, e incrível, vai amar.

      Excluir
  2. Que fina você heim?! Toda trabalhada no autógrafo :)
    Eu gosto da escrita da Paula. Eu ainda não li esse livro especificamente, mas me encantei com o estilo da autora naquele livro APAIXONADA POR PALAVRAS. Você já leu?
    Adorei a sua resenha. Eu não consigo fazer resenhas tão detalhistas sabe? Acabo fazendo textos curtos rsrsrsrs Nem sei se as pessoas gostam.


    www.blogdahida.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha.
      Sim conheço, li esse livro a pouco tempo, primeiro livro dela que li foi Fazendo Meu Filme. Que também e incrível.
      Muito obrigada. Eu tento fazer menores, mas me empolgo tanto que as vezes, tenho que tirar coisas pra não soltar o famoso " spoiler" haha.

      Excluir

© Encontrei nas Entrelinhas - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo